Minas

Mobilidade: BHTrans mapeia ladeiras de Belo Horizonte

Estudo feito em parceria com a UFMG pretende desenvolver políticas de mobilidade urbana. Foram mapeados 5 mil km de ruas e avenidas.

Expresso de Minas

Foi lançado nessa terça-feira (5) o mapa de declividades de Belo Horizonte. A base de dados, que reúne informações sobre a real declividade de todas as vias da capital, e fez um raio-x de 4,7 mil quilômetros de ruas e avenidas.

A pesquisa cruzou informações que estavam disponíveis no banco de dados da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) para medir os percentuais de declividade das vias, quarteirão por quarteirão. O estudo foi realizado pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) e o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP) Brasil.

Os mapas, que inicialmente serão aplicados nas políticas de mobilidade urbana, também podem servir como ferramenta de planejamento para o poder público. “A partir de agora a gente tem uma base quantitativa que nos permite refinar o nosso planejamento. Vai servir a todos os órgãos que fazem o planejamento da cidade”, disse o analista de Transporte e Trânsito da BHTrans Marcos Fontoura.

Comente aqui e publique no Facebook

Comentário(s)

Anterior

Patos de Minas: estudante desaparecida é encontrada morta

Próximo

Samarco: obra sem licença é embargada pela Polícia